Conferência digital " A Indústria da moda em 2021/22: o que esperar!"


No dia 14 de abril realizou-se a conferência digital “A indústria da moda em 2021/2022: o que esperar!” organizada pelo CENIT, em parceria com a ANIVEC.

César Araújo, Presidente da ANIVEC, fez parte do painel de oradores, juntamente com outros empresários do setor do vestuário, discursando ainda na última parte do evento, momento em que o Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Dr. Pedro Siza Vieira, também participou.

O Presidente da ANIVEC admitiu que a indústria têxtil e do vestuário atravessa um momento muito difícil, sendo que, no futuro, vai dar lugar a um “período de muitas oportunidades”, em que Portugal deve de estar preparado para agir.

César Araújo afirmou ainda que a economia circular, a sustentabilidade e a criação de marcas próprias são ferramentas fundamentais para a manutenção da posição de Portugal relativamente à comunidade Europeia, e que as entidades governamentais devem ser sensíveis às necessidades do setor.

Por fim, sublinhou a necessidade da implementação de medidas ajustadas aos setores exportadores para que estes funcionem como “o motor de arranque da nossa economia”.

Por sua vez, o Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital confirmou que a pandemia veio acelerar a reflexão por parte das empresas relativamente ao seu futuro próximo, e que o PPR vai colocar à disposição do país recursos importantes que permitirão a exploração de novos materiais, um melhor desenvolvimento na digitalização e a automatização de alguns processos produtivos.

Pedro Siza Vieira mostrou-se otimista perante o futuro da indústria do vestuário, uma vez que, observando os outros países do mundo, pôde constatar-se que “a procura reage rapidamente”, e afirmou ter vontade de “trabalhar de perto com os produtores portugueses”.

Notícia Relevante
Notícias Recentes
Arquivo
  • Facebook App Icon

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

1/10