ENTREVISTA PRESIDENTE ANIVEC JORNAL NEGÓCIOS

O Presidente da ANIVEC, César Araújo, em entrevista ao Jornal de Negócios, destaca que a indústria portuguesa do vestuário já acumulou uma perda de 22,7% nas exportações nos primeiros cinco meses de 2020, em comparação com igual período do ano passado, o que equivale a menos 304 milhões de euros encaixadas pelas empresas do setor devido à pandemia de covid-19.


“Este é o terceiro mês de redução abrupta nas encomendas. (…) As empresas do vestuário e confeção continuam a ser fortemente prejudicadas pela quebra no consumo e é impossível para os empresários, face a esta conjuntura, manter o mesmo número de trabalhadores quando não há encomendas", admite o líder associativo.


Responsável por 66% dos cerca de 138 mil trabalhadores da indústria têxtil e do vestuário em Portugal, o setor reclama que "é uma necessidade absoluta que o Governo mantenha mecanismos de apoio, como o modelo de ‘lay-off’ simplificado, para evitar despedimentos e manter a sustentabilidade desta indústria, que representa uma parte significativa da economia do país".


Notícia Relevante
Notícias Recentes