PRESIDENTE DA ANIVEC EM ENTREVISTA AO JORNAL ECO



O vestuário está a ser um dos setores mais afetados pelo Covid-19 e adivinham-se tempos difíceis.


“O cenário é terrível e o arranque vai ser muito complicado. Se as empresas do vestuário começarem a erguer-se em janeiro do próximo ano já temos muita sorte”, prevê César Araújo, Presidente da ANIVEC.


Perante o cenário, Presidente da ANIVEC, considera que “a maioria das empresas não têm outra alternativa a não ser o lay-off e, mesmo assim, podem entrar em colapso porque não têm dinheiro para pagar os 30% do salários”. Muitas empresas vão fechar porque os empresários não se querem endividar para pagar salários”, assegura.


Para ler entrevista na integra, clique aqui.

Notícia Relevante
Notícias Recentes
Arquivo
  • Facebook App Icon

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

1/10