EUA - GUIA PARA RELATO DE PRODUTOS SEGUROS PARA CRIANÇAS


Nos termos da Lei do Produto Seguro para Crianças (CSPA), capítulo 70.240 RCW, os fabricantes de produtos infantis são obrigados a notificar o departamento de ecologia quando um produto químico de grande preocupação para crianças (CHCC) estiver presente nos seus produtos ou, se o produto contiver mais de um componente, cada componente do produto.


A presença de um químico de elevada preocupação para crianças (CHCC) num produto infantil não significa necessariamente que o produto é prejudicial à saúde humana ou que há qualquer violação dos padrões ou leis de segurança existentes. As informações relatadas ajudarão a preencher uma lacuna de dados para consumidores e agências.


O CSPA exige que o departamento de ecologia, em consulta com o departamento de saúde, identifique uma lista de produtos químicos para os quais os fabricantes de produtos infantis devem informar. O CSPA especifica as caraterísticas desses produtos químicos e os requisitos de relatório.


O guia de Registo de Produtos Seguros para Crianças identifica as informações que os fabricantes devem relatar anualmente. Os fabricantes devem relatar a presença e o uso de certos produtos químicos em produtos infantis oferecidos para venda em Washington.


O prazo para apresentação do próximo relato é 31 de janeiro de 2020.


A Interstate Chemical Clearinghouse (IC2) lançou uma nova base de dados que permite arquivar relatos de produtos infantis para vários estados. O Sistema de Dados Químicos de Alta Prioridade (HPCDS) inclui Washington e Oregon, com mais estados em breve.


Quem é obrigado a reportar ao departamento?


(1) O fabricante de um produto infantil, ou uma organização comercial em nome dos seus fabricantes membro, deve informar ao departamento que o componente de produto infantil do fabricante contém um produto químico da lista CHCC.

(2) A definição de fabricante na RCW 70.240.010 inclui qualquer pessoa ou entidade que produz um produto infantil, qualquer importador que assuma a propriedade de um produto infantil e qualquer distribuidor doméstico de um produto infantil. No entanto, é necessário apenas que uma pessoa ou entidade relate um determinado produto infantil.

A hierarquia a seguir determinará qual pessoa ou entidade que o departamento responsabilizará principalmente por garantir que o departamento receba um relatório completo, preciso e oportuno para o produto infantil:

(a) A pessoa ou entidade que fabricou o produto infantil, a menos que não tenha presença nos Estados Unidos.

(b) A pessoa ou entidade que comercializou o produto infantil sob seu nome ou marca comercial, a menos que não tenha presença nos Estados Unidos.

(c) A primeira pessoa ou entidade, importadora ou distribuidora, que possuía o produto infantil nos Estados Unidos.


Se não tiver certeza se precisa relatar, reveja os requisitos de relato ou responda a estas quatro perguntas:


  • Os meus produtos são oferecidos para venda no estado de Washington, numa loja ou online?

  • Os meus produtos são definidos como produtos para crianças de acordo com a Lei de Produtos Seguros para Crianças?

  • Os meus produtos contêm pelo menos um produto químico de elevada preocupação para as crianças?

  • Eu sou a pessoa responsável pelo registo?


Se respondeu sim a todas as perguntas, siga as instruções para o banco de dados HPCDS.


Se respondeu não a alguma dessas perguntas, não é necessário registar-se ou relatar no CSPA de momento. No entanto, os requisitos podem mudar. Mantenha-se atualizado.




Notícia Relevante
Notícias Recentes
Arquivo

SIGA-NOS:

  • Facebook App Icon

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

Gerber Task Force

Gerber Task Force

Gerber

Gerber

TopAtlântico

TopAtlântico

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

Fabrics4Fashion

Fabrics4Fashion

The best selection of the finest fabrics for garments!

FUSÃO Comunicação e Imagem

FUSÃO Comunicação e Imagem