CANADÁ – ETIQUETAGEM E MARCAÇÃO DE COMPOSIÇÃO DE TÊXTEIS (BAMBU)


O Gabinete Federal da Concorrência no Canadá divulgou um alerta para os consumidores sobre vestuário e produtos têxteis anunciados como contendo bambu.


Na maioria dos casos, “bambu” não é um nome de fibra genérica nos termos dos regulamentos de etiquetagem do Canadá ou dos EUA. Normalmente, os produtos feitos de bambu devem ser etiquetados como rayon (ou viscose).


O Textile Labelling Act (TLA) e o TLAR (Textile Labeling and Advertising Regulations) são regulamentos relativos à etiquetagem, venda, importação e publicidade de artigos têxteis de consumo. Estipulam que os artigos têxteis sejam etiquetados com precisão, a fim de ajudar os consumidores a tomar decisões de compra informadas. Estabelecem especificações para informações obrigatórias na etiqueta, como o nome genérico de cada fibra encontrada num artigo e a identificação do distribuidor.


O TLA e o TLAR também proíbem informações falsas ou enganosas.


No âmbito do seu mandato de informar a indústria da correta aplicação da TLA e da TLAR, o Gabinete da Concorrência pretende esclarecer a correta etiquetagem dos artigos têxteis derivados do bambo.

Notícia Relevante
Notícias Recentes