EUA – INICIATIVAS LEGISLATIVAS PARA COMBATER A PRODUÇÃO DE MICROFIBRAS



Um projeto de lei na Califórnia propõe fazer uma etiqueta de advertência sobre roupas de poliéster, alertando os consumidores para o fato de que a lavagem de roupas de poliéster contribui para a poluição de rios e oceanos por microfibras.

O estado de Connecticut seria tentado por uma abordagem idêntica.


Num movimento que pode ser uma tendência em várias legislaturas estaduais, o Estado de Connecticut aprovou uma lei que exige a formação de um grupo de trabalho para estudar a questão do vestuário com fibras sintéticas e da poluição por microfibras. Graças ao trabalho da AAFA (American Apparel & Footwear Association) em Connecticut, a versão aprovada pelo legislativo removeu um requisito de etiquetagem e outro referente à linguagem do projeto de lei original.


Enquanto isso, a Califórnia e o Estado de Nova York estão a considerar projetos que exigem etiquetagem adicional para produtos com fibras sintéticas, identificando-os como contribuintes para o desperdício de microfibras em cursos d'água. Além disso, a legislatura de Nova York está a considerar a etiquetagem de produtos para incentivar a lavagem manual de vestuário com fibras sintéticas.

Notícia Relevante
Notícias Recentes