VESTUÁRIO MANTÉM TENDÊNCIA DE CRESCIMENTO


No primeiro mês do ano, as exportações portuguesas de vestuário mantiveram

a tónica positiva registada em 2016, com um crescimento de 6,4%,

para 281,7 milhões de euros.



Em janeiro, as exportações portuguesas de vestuário registaram crescimento tanto nos mercados europeus (+5,5%) como nos mercados extraeuropeus, onde o crescimento atingiu 18%.


Entre os principais mercados do vestuário “made in Portugal” fora da Europa destaca-se a subida nos envios para os EUA (+40,4%) e para a Tunísia (+79,3%).


Na Europa, os maiores aumentos registaram-se na Suécia (+33,2%), Itália (+25,1%), Países Baixos (+14,3%) e Alemanha (+7,6%).


«Os números do INE para o primeiro mês do ano são a confirmação de uma tónica positiva que o sector do vestuário tem vivido, na sequência de um crescimento extraordinário das exportações em 2016, e que esperamos que se mantenha ao longo de 2017», afirma César Araújo, presidente da direção da ANIVEC.



Consulte aqui: dados do comércio internacional de vestuário

Notícia Relevante
Notícias Recentes