VESTUÁRIO MANTÉM TENDÊNCIA DE CRESCIMENTO


No primeiro mês do ano, as exportações portuguesas de vestuário mantiveram

a tónica positiva registada em 2016, com um crescimento de 6,4%,

para 281,7 milhões de euros.



Em janeiro, as exportações portuguesas de vestuário registaram crescimento tanto nos mercados europeus (+5,5%) como nos mercados extraeuropeus, onde o crescimento atingiu 18%.


Entre os principais mercados do vestuário “made in Portugal” fora da Europa destaca-se a subida nos envios para os EUA (+40,4%) e para a Tunísia (+79,3%).


Na Europa, os maiores aumentos registaram-se na Suécia (+33,2%), Itália (+25,1%), Países Baixos (+14,3%) e Alemanha (+7,6%).


«Os números do INE para o primeiro mês do ano são a confirmação de uma tónica positiva que o sector do vestuário tem vivido, na sequência de um crescimento extraordinário das exportações em 2016, e que esperamos que se mantenha ao longo de 2017», afirma César Araújo, presidente da direção da ANIVEC.



Consulte aqui: dados do comércio internacional de vestuário

Notícia Relevante
Notícias Recentes
Arquivo

SIGA-NOS:

  • Facebook App Icon

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

Gerber Task Force

Gerber Task Force

Gerber

Gerber

TopAtlântico

TopAtlântico

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

Fabrics4Fashion

Fabrics4Fashion

The best selection of the finest fabrics for garments!

FUSÃO Comunicação e Imagem

FUSÃO Comunicação e Imagem