EXPORTAÇÕES DE VESTUÁRIO CRESCEM 7,8% ATÉ AGOSTO


Nos primeiros oito meses de 2016, as empresas portuguesas de vestuário exportaram mais de 2 mil milhões de euros, com um reforço das vendas transversal aos principais mercados.


No total, de janeiro a agosto as exportações nacionais de vestuário atingiram 2.095 milhões de euros, o que representa um aumento de 7,8% face ao período homólogo do ano passado.


O crescimento foi sentido em todos os 12 principais mercados do vestuário “made in Portugal”, com exceção de França, que registou um ligeiro declínio (-0,9%). Uma diminuição claramente compensada pelo aumento das exportações para a Suécia (+25,9%), Itália (+17,6%) e Países Baixos (+14,3%).


Nos mercados extracomunitários, os envios para os EUA aumentaram 9,3%, para 56,9 milhões de euros. Sublinha-se ainda o crescimento de 108,8% nas exportações para a Arábia Saudita e de 63,4% para a República Checa.


«Este crescimento, que é mesmo superior ao registado no período entre janeiro e julho, é mais uma prova da competitividade do vestuário português no campo internacional», considera César Araújo, presidente da direção da ANIVEC. «A Europa continua a ser o terreno natural para o vestuário português, como mostram os números, mas o aumento das exportações para países como os EUA prova que a confeção portuguesa está também a registar um aumento da procura noutros mercados, onde está a consolidar a sua posição como fornecedor de excelência», acrescenta.


Em anexo: dados do comércio internacional de vestuário

Notícia Relevante
Notícias Recentes
Arquivo

SIGA-NOS:

  • Facebook App Icon

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

Gerber Task Force

Gerber Task Force

Gerber

Gerber

TopAtlântico

TopAtlântico

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

GERBER TECHNOLOGY

Fabrics4Fashion

Fabrics4Fashion

The best selection of the finest fabrics for garments!

FUSÃO Comunicação e Imagem

FUSÃO Comunicação e Imagem