SIGA-NOS:

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

November 18, 2019

November 18, 2019

November 15, 2019

Please reload

Notícias Recentes

MODALISBOA INSIGHT

01/03/2019

1/10
Please reload

Notícia Relevante

RÚSSIA - FICHA DE MERCADO

29/06/2015

A “Ficha de Mercado da Rússia” (maio de 2015), publicada pela AICEP, faz uma análise da economia russa, das relações económicas bilaterais e das condições de acesso ao mercado, apresentando também um conjunto de informações úteis para exportadores e investidores nacionais.

 

A atual situação económica da Rússia reflete, em parte, a imposição de sanções a nível internacional, estimando-se em 2015 uma contração do PIB próxima de 4 por cento, enquanto no período 2010-2014 registara uma taxa média anual de crescimento de 2,8 por cento.

 

O país apresenta-se como um importante cliente das exportações portuguesas de bens, tendo ocupado, em 2014, a 29ª posição nesse ranking.

 

As exportações nacionais têm, em regra, evoluído em ciclo ascendente (cresceram, em média, 17,2 por cento entre 2010-2014, passando de 120 para 204,4 milhões de Euros), com destaque para o calçado, madeira e cortiça e cortiça e para as máquinas e aparelhos.

 

De referir que, segundo o INE, assistiu-se, em 2013, último ano disponível, a uma subida significativa do número de empresas portuguesas que exportaram para a Rússia, tendo sido contabilizadas 638 empresas, (547 registadas em 2012). Do lado das importações (que incidem sobretudo nos combustíveis minerais), e no mesmo período, estas cresceram de 413,4 para 710,8 milhões de Euros.

 

Apesar de atravessar um período de alguma instabilidade económica, a Rússia não deixa de constituir um mercado apetecível para as exportações portuguesas. De referir que o país é rico em recursos naturais, sobretudo, hidrocarbonetos (de acordo com as fontes consultadas, a Rússia é o primeiro ou o segundo produtor mundial de petróleo e de gás natural).

 

Este documento pode ser consultado neste link.

 

 

Fonte: AICEP

Please reload

Please reload

Arquivo