SIGA-NOS:

ANIVEC / APIV

ANIVEC / APIV - Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção

October 24, 2019

October 17, 2019

October 17, 2019

Please reload

Notícias Recentes

MODALISBOA INSIGHT

01/03/2019

1/10
Please reload

Notícia Relevante

FICHA DE MERCADO DE ESPANHA

20/04/2015

 

A “Ficha de Mercado de Espanha” (abril 2015), agora publicada pela AICEP, faz uma análise da economia espanhola, das relações económicas Portugal-Espanha e das condições de acesso ao mercado, apresentando também um conjunto de informações úteis para exportadores e investidores nacionais.

 

O mercado espanhol absorveu 20 por cento das exportações portuguesas de bens e serviços em 2014.

 

As exportações portuguesas de bens para Espanha cresceram, em média, 3,2 por cento entre 2010-2014, atingindo 11,4 mil milhões de Euros no último ano (+1,6 por cento face ao ano anterior), o valor mais elevado do período. Espanha permaneceu o nosso 1º cliente de bens absorvendo 24 por cento do total das vendas ao exterior em 2014. 

 

Relativamente às exportações de serviços, após um crescimento médio de 2,6 por cento no período 2010-2014, destaca-se um aumento muito significativo de 9 por cento no último ano, tendo Espanha sido o 3º cliente dos serviços portugueses, com uma quota de 12 por cento do total exportado.  

Considerando as exportações de bens e serviços com destino ao mercado espanhol, representaram 20 por cento do total das vendas ao exterior em 2014 (comparando com cerca de 24 por cento em 2010).

 

Salienta-se que o número de empresas exportadoras para o mercado tem vindo a aumentar consideravelmente nos últimos anos (de 3 323 em 2009 para 5 273 em 2013).

Em termos de posição de investimento direto (ID) com o exterior, o stock de ID de Espanha no nosso país (Passivo) registou, no final de Dezembro de 2014, perto de 26,3 mil milhões de Euros (+1,5 por cento em relação a Dezembro de 2013), sendo que Espanha foi o segundo mercado emissor em termos de stock de ID do exterior em Portugal (com uma quota de 22,5 por cento do total no final de 2014).

 

Destaca-se que Espanha foi a 13ª economia mundial e a 5ª maior da UE em 2013. Na área do comércio e do investimento internacional, o país posicionou-se entre os 20 principais mercados mundiais em 2013:

- 17º importador mundial de bens (7º da UE, com uma quota de 1,8 por cento do total) e 16º de serviços (2,1 por cento do total);

 - 18º exportador mundial de bens (1,7 por cento do total) e 7º de serviços (3,1 por cento);

- 10º recetor mundial de investimento estrangeiro e 15º emissor.

 

Após uma retoma da economia espanhola no último ano (+1,4 por cento), o Banco de Espanha estima que o PIB deverá crescer 2,8 por cento em 2015 e 2,7 por cento em 2016 (a UE, por seu lado, aponta para +2,3 por cento e +2,5 por cento em 2015-2016). Segundo as previsões do EIU, as importações espanholas de bens e serviços deverão crescer cerca de 6 por cento, em média, no período 2015-2016.  

 

Este documento pode ser consultado aqui.

 

2015-04-14 11:10

AICEP 

Please reload

Please reload

Arquivo